Domus italica em Pompeia

Por Marcelo Albuquerque   Como vimos anteriormente (ver Domus italica), as casas romanas eram mais que um mero abrigo para o corpo físico; era o ponto de encontro da família e o centro das cerimonias religiosas mais intimas. De origem etrusca, as casas ou domus eram o tipo de habitação mais comum entre a nobreza... Continuar Lendo →

Edifícios e estruturas de Pompeia

Por Marcelo Albuquerque   A Porta Marina, entrada principal do parque, até a fatal erupção do Vesúvio em 79 d.C., situava-se rente ao porto da cidade, na costa do mar, e atualmente está a quilômetros de distância. É por ela que se acessa o parque pela estação de trem principal e bilheteria. De acordo com... Continuar Lendo →

Mosaicos e trabalhos finos em pedra

Por Marcelo Albuquerque   O opus tessellatum é uma forma de mosaico para ornamentação dos pisos, baseado na montagem de pequenas peças coloridas denominadas tesserae. São feitas de diversos materiais, como mármores, pedras rústicas e nobres, pedras semipreciosas, vidros, esmaltes, metais e cerâmicas. Os mosaicos eram agregados com argamassa e colocados sobre um suporte que poderia conter mais camadas de pedras e camadas... Continuar Lendo →

Estilos de pinturas romanas

Por Marcelo Albuquerque   As pinturas romanas, em grande parte afrescos, têmperas e encáusticas, receberam influencias etruscas, itálicas e gregas. Em Pompeia encontram-se grandes exemplos preservados de pinturas, especialmente as agregadas aos ambientes arquitetônicos públicos e privados (ver Domus italica). As pinturas nos ambientes se dividem em quatro estilos principais, configurando padrões decorativos, sendo eles:... Continuar Lendo →

Roma: cidades e fundamentos urbanos

Por Marcelo Albuquerque   Aqui pretendo traçar linhas gerais sobre a concepção de uma cidade romana criada praticamente do zero, a partir de assentamentos militares e com fins coloniais. A cidade de Roma não se enquadraria nesse contexto, por ter se formado em um período distante e com circunstâncias diferentes, como apresentado em Origens Míticas... Continuar Lendo →

Circos

Por Marcelo Albuquerque Os circos eram os lugares dedicados especialmente às corridas de cavalos, que conduziam bigas e quadrigas, em geral. O nome deriva do latim "círculo", pois as corridas ocorriam em pistas que possuíam uma curvatura em uma de suas extremidades, sendo a outra reta. A pista era coberta de areia, composta por duas vias retas paralelas, separadas... Continuar Lendo →

Giuseppe Fiorelli e os moldes de gesso

Por Marcelo Albuquerque   Giuseppe Fiorelli, quando assume o comando das escavações em 1863, em Pompeia, encontra espaços vazios nas camadas de cinzas que continham restos humanos. Ele percebeu que estes espaços foram deixados pelos corpos em decomposição e por isso desenvolveu a técnica de injeção de gesso para refazer as formas das vítimas. Algumas possuem uma expressão de... Continuar Lendo →

Pompeia – introdução

Por Marcelo Albuquerque   Estudar a cidade de Pompeia é uma das melhores oportunidades de voltar ao passado e conhecer de perto as tecnologias de construção e os interiores das casas dos ricos romanos. O conhecimento geral da cidade proporciona um panorama de análise sobre todo o mundo romano, não só de como era uma... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑