Retorno à metafísica da cor

Por Marcelo Albuquerque No pensamento do século XX, a metafísica não é vista como um empecilho para a ciência ou para o avanço cientifico. Reale recorda que para Karl Popper, a metafísica contribui para o território especulativo que a ciência deve se nutrir nas investigações, descobertas e especulações (como ocorreria com a transmutação dos metais,... Continuar Lendo →

Vanguardas Russas

Por Marcelo Albuquerque   De acordo com Argan, as vanguardas russas são os únicos movimentos de vanguarda a estarem envolvidos no processo revolucionário concreto, com forte carga ideológica, com profundas propostas de transformações estruturais e de operações artísticas[1]. As vanguardas russas têm como características principais dois pontos: o uso de elementos geométricos puros (consequentemente a... Continuar Lendo →

Mondrian e De Stijl

Por Marcelo Albuquerque Em 1917, quando a revista De Stijl começou a ser publicada, Mondrian havia alcançado grande versatilidade como pintor, desde a Hague School, uma escola realista influenciada pela Escola de Barbizon, através do Impressionismo, Fauvismo e uma versão tardia do Pontilhismo até o Cubismo, sempre mostrando um sentimento pela grande simplicidade de cores... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑