Paul Klee

Por Marcelo Albuquerque Assim como Kandinsky, Paul Klee desenvolveu ampla pesquisa teórica e prática entre as relações simbólicas e espirituais da forma e da cor. Impelido por um forte misticismo gnóstico e esoterismo, percebia nas cores e formas uma analogia com as forças da natureza. Para assumir essa expressividade, o artista deveria imergir não só... Continuar Lendo →

Vanguardas modernas e a questão das cores

Por Marcelo Albuquerque   A sociedade de artistas russos Mundo da Arte, criada em 1898, compartilhava a insatisfação com as academias e procurava aproximar a Rússia da arte da Europa Ocidental. As cores e as composições vibrantes remetiam ao Sintetismo de Gauguin, e ao mesmo tempo declaravam interesse pela arte medieval, pela arte folclórica, pelas... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑