A cor e a ciência do séc. XVII

Por Marcelo Albuquerque As cores tendem a se organizar na vida humana ora de forma social ora de forma científica. Até o início do Renascimento, as ideias platônicas e aristotélicas dominaram o cenário científico no que se refere às cores. Acreditava-se no conceito pitagórico dos raios de “fogo” emitidos pelos olhos a sondar o mundo,... Continue lendo →

Barroco: poussinistas versus rubenistas

Por Marcelo Albuquerque O barroco engloba um amplo movimento cultural nascido em Roma, durante o período que segue a Contrarreforma, aplicado nas artes plásticas, arquitetura, literatura, filosofia e música. Seu período mais influente compreende os séculos XVII e o início do século XVIII. Na arte e na arquitetura, a linguagem clássica não é abandonada, mas ressignificada, com contrastes expressivos anticlássicos comparáveis ao helenismo... Continue lendo →

Pedagogia da cor e as academias de arte

Por Marcelo Albuquerque   Este texto foi adaptado da minha dissertação de mestrado, intitulada Laboratório de Cor: paradigmas do estudo da cor na contemporaneidade. Aqui procuro apresentar como a cor foi surgindo como uma disciplina específica da área artística, de forma autônoma, até o início do século XX, com as Vanguardas Modernas.  Para auxiliar a... Continue lendo →

Grand Tour

Por Marcelo Albuquerque Viagens à Itália, em especial para estudar a Antiguidade, sempre pautaram roteiros de artistas, arquitetos e estudiosos. O Grand Tour era um tipo de viagem tradicional que percorria a Europa central, com destino final na Itália, realizada em geral por jovens europeus e americanos das classes mais abastadas ou que eram apadrinhados com bolsas de... Continue lendo →

O Gianicolo

Por Marcelo Albuquerque O Tempietto de Bramante localiza-se no monte Gianicolo (Janículo, em português), antiga colina de Roma, dentro do complexo de San Pietro in Montorio. A colina não faz parte do grupo das sete colinas tradicionais, ligadas às origens de Roma. O nome da colina, segundo a tradição, deriva do deus Janus, o deus de duas faces, ainda dos... Continue lendo →

Ordens clássicas

Por Marcelo Albuquerque Ordem dórica A ordem dórica surge por volta de 600 a.C., quando os gregos começaram a imitar em pedra as estruturas templárias (ver Templos e tipologias greco-romanas). Para Summerson, quando vemos um templo dórico de pedra estamos vendo uma representação esculpida em pedra de uma ordem dórica construída em madeira, ou seja,... Continue lendo →

WordPress.com.

Acima ↑