Templo de Adriano

Por Marcelo Albuquerque

 

O Templo de Adriano se situa no Campo de Marte, a poucos metros do Panteão. Foi construído por seu filho e sucessor Antonino Pio, em 145. Do templo original restou uma parede da cela, juntamente com onze colunas coríntias da colunata externa. Esta fachada, juntamente com a arquitrave (reconstruída após a Antiguidade), foi incorporada ao palácio papal do século XVII por Carlo Fontana, agora ocupado pelo Banco Borsa, na Piazza di Pietra.

 

SAM_3948.JPG

Fachada do Templo de Adriano. Foto: Marcelo Albuquerque, 2015.

 

Na Antiguidade, o templo era octastilo peripteral (com 8 colunas na fachada frontal) com 13 colunas coríntias nas fachadas laterais. Dessas últimas, existem somente 11 colunas da face norte, bem como um trecho restaurado do entablamento. A cela foi originalmente revestida com mármore, de acordo com os furos de fixação das placas. O templo era cercado por um grande pórtico quadrado (90 x 100 metros aprox.), com um arco monumental, dos quais dois relevos são preservados no Museo dei Conservatori (ver Capitolino) e no Palazzo Torlonia em Roma.

 

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Detalhe de base de coluna do Templo de Adriano. Foto: Marcelo Albuquerque, 2015.

 

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Fachada e nível da rua no Templo de Adriano. Foto: Marcelo Albuquerque, 2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: