Serra Capivara – Unesco Portuguese

O documentário Serra da Capivara, com 40 minutos de duração, aborda diferentes aspectos do Parque Nacional da Serra da Capivara, localizado no sudeste do estado do Piauí. A área está inscrita na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO e abriga um dos mais ricos sítios arqueológicos do mundo, com destaque especial para o rico acervo de pinturas rupestres. Ao longo do documentário, personagens reais contam a história da criação do Parque e falam sobre os impactos econômicos e sociais na região após sua implementação. O filme descreve ainda o percurso da arqueóloga Niéde Guidon e de pesquisadores da Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM) no desenvolvimento de trabalhos científicos de ponta e de ações sociais que dinamizam e contribuem para o desenvolvimento da comunidade local.

Serra da Capivara: Registro e Análise Tridimensional das Pinturas Rupestres da Toca da Passagem – FUMDHAM

Niède se emociona com situação da Serra da Capivara

A Arqueologia Brasileira.

Um breve documentário sobre as perspectivas de atuação e pesquisa. Contendo também as descobertas mais relevantes no Brasil. Uma pequena amostra Sítio Arqueológico da Serra da Capivara e os mais antigos vestígios de presença humana na América.

Também seleciono esta excelente entrevista do Dr. Pedro da Glória, especialista nos hábitos dos paleohabitantes de Lagoa Santa. Realizada nos EUA, sua tese de doutorado buscou entender a saúde e o estilo de vida dos homens pré-históricos através da análise de seus esqueletos. Confira abaixo:

Este outro vídeo, muito interessante, mostra a escavação realizada na Lapa do Santo, por pesquisadores da USP. Percebam a profundidade do buraco escavado. Durante as escavações, foi encontrado o registro artístico, um baixo relevo, mais antigo das Américas. Confira abaixo:

SP Arqueologia – UNIVESP TV

SP Arqueologia – Sítio pré-histórico: Sambaqui

SP Arqueologia – Sítio lítico: acompanhamos a pesquisa de campo de Astolfo Araújo em Ipeúna, São Paulo. Ele é professor do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP e desenvolve um projeto financiado pela FAPESP para entender como ocorreu a ocupação dos paleoíndios onde hoje é nosso Estado. Para isso, trabalha no sítio arqueológico Lagoa do Camargo, onde encontrou material lítico, ou seja, pedra lascada pelo homem do passado com o intuito de caçar e cortar alimentos.

SP Arqueologia – Sítio rupestre: na companhia da arqueóloga Luana Alberto, fomos a Itapeva conhecer alguns dos sítios de pinturas rupestres que ela mapeou ao longo da pesquisa de mestrado no MAE-USP. Luana, ao lado do também arqueólogo Silvio Araújo, mostrou as riquezas do Abrigo de Itapeva e de outros dois paredões que serviram de morada aos antigos habitantes da região.

SP Arqueologia – Sítio histórico: Nossa reportagem conheceu as ruínas de mineração do século XVI em Guarulhos, grande São Paulo, na companhia da arqueóloga Cláudia Plens. Doutora pelo MAE-USP e professora da UNIFESP, Cláudia levantou todo o patrimônio arqueológico do município.

SP Arqueologia – Sítio cerâmico: Conhecemos o trabalho de Plácido Cali, doutor em Arqueologia pelo MAE-USP e responsável pela musealização do sítio histórico e cerâmico das Ruínas da Igreja São João Batista (Abarebebê), em Peruíbe, litoral paulista. Ele participou das escavações que encontraram milhares de objetos em cerâmica, o mesmo material que coletou em trabalhos de licenciamento ambiental no perímetro urbano do município. Plácido levou nossa equipe ao Museu de Arqueologia da cidade e a uma aldeia indígena, onde crianças jogam futebol sobre um sítio arqueológico a céu aberto.