Túmulos etruscos

Por Marcelo Albuquerque

Os etruscos construíam suas cidades para os vivos, mas também resistentes necrópoles em tufo (pedra vulcânica) para os mortos. As áreas mais emblemáticas da arte e arquitetura tumulares etruscas estão em Cerveteri, Tarquinia, Veios, Vetulonia e Vulci. Essas cidades possuíam vários cemitérios, cada um vinculado ao seu próprio uso, configurando verdadeiras necrópoles. De forma a potencializar a conservação das tumbas, foram construídas com material não-perecível, de pedra ou esculpidas diretamente na rocha. Os túmulos destinavam-se principalmente ao costume, posterior ao período de cremações, de enterrar os corpos em urnas, cercadas por círculos de pedras, que viriam a se transformar em abóbadas sobre tambores de pedra envoltas de terra (tholos micênico e grego), adicionando-se uma entrada em dromos (médio ou longo corredor). A inumação e preservação dos corpos podia contar com uma escultura em tamanho natural, ou próximo do natural, do morto ou do casal que ali estivesse enterrado.

 Banditaccia1.jpg

Banditaccia_Tomba_Dei_Capitelli.jpg

Tumbas de Cerveteri. Fonte: Wikipedia. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cerveteri. Acesso em: 10 jan. 2017.

Os túmulos abobadados e escavados nas rochas apresentam as mais belas obras artísticas preservadas dos etruscos. Elas evidenciam a certeza na sobrevivência da alma e a consciência de que o defunto necessitava de bens e de lembranças dos vivos. Esses princípios religiosos se assemelham às tradições egípcias, orientais e helênicas. No interior, aos mortos era garantido um ambiente familiar com os objetos possuídos na vida, ou uma réplica artística dos mesmos. Os túmulos mais suntuosos são réplicas de residências que existiam, proporcionando aos estudiosos uma rica projeção da arquitetura e interiores etruscos. Pode-se contemplar colunas, pilares, capitéis, vigas, mobiliários e instrumentos de pedra emulando a arquitetura em madeira e objetos de diversas texturas e materiais. Os cemitérios eram geralmente situados fora dos muros da cidade, ao longo das vias de acesso, outra herança legada à civilização romana. O tamanho dos túmulos e suas divisões em câmaras era proporcional à riqueza da família.

800px-Tomba_dei_Rilievi_(Banditaccia).jpg

Tuma dei Rilievi. Fonte: Wikipedia. Disponível em: https://fr.wikipedia.org/wiki/Cerveteri. Acesso em: 10 jan. 2017.

800px-banditaccia_cerveteridscf6681

Ruínas dos túmulos de Banditaccia. Fonte: Wikipedia. Disponível em: https://fr.wikipedia.org/wiki/Cerveteri. Acesso em: 10 jan. 2017.